FAQ

Perguntas Frequentes

A Seta Sistemas oferece a melhor relação custo x benefício, nós formulamos o valor através do número de usuários, número de alunos (se for o caso), unidades e modalidade de servidor, assim, independente do tamanho da instituição, todos podem usufruir de todos benefícios das nossas Plataformas.
Saiba mais sem compromisso!
Depende do modelo escolhido pela sua empresa: SaaS ou On-Premises(desktop)
A diferença entre os dois é simples: enquanto um software fica na nuvem e é disponibilizado como serviço, o outro é instalado nos servidores locais da empresa, e sua empresa é responsável pelo backup, segurança e gestão. Nesse último caso, a sua equipe de TI é quem toma conta dos dados e soluciona os problemas que podem surgir com o software e com os seus dados.
No caso do SaaS(Software as a Service) ele funciona como um software “por assinatura”, ou seja, software on-line, conhecido também como na nuvem ou cloud computing, e é acessado via internet. A utilização é fácil, já que basta que seus usuários tenham um equipamento conectado a internet. O restante do serviço, como a gestão das informações, backup, a segurança dos dados e o suporte técnico são geridos pela Seta Sistemas. Nossos treinamentos podem ser ministrados on-line ou de forma presencial conforme acordado entre as partes.
Nós atendemos nas formas: presencial ou digital, utilizamos software adequado para um rápido atendimento.
Nessa modalidade sua empresa não precisa instalar, manter e atualizar o software. O acesso é fácil e simples: apenas é necessária a conexão com a internet. Os aplicativos SaaS da Seta também são chamados de software baseados na Web, software sob demanda ou software hospedados. Independente do nome, eles são executados nos servidores das empresas provedoras, que têm a responsabilidade de gerenciar o acesso e manter a estrutura de segurança de dados, conectividade e servidores necessários para o serviço. Por que 360? Nosso software atua em todas áreas da sua instituição de ensino, integrando informações de forma fácil e direta, fornecendo um panorama completo, gerando e suprindo as demandas.
Sim, temos uma equipe preparada para realizar a importação de sua base de dados legada, desde que não esteja criptografada. Saiba mais!
A Seta Sistemas oferece gestão de usuários para acesso e manipulação dos dados, o acesso às plataformas é sempre precedido de autorização e informação do usuário por um grupo e a qual módulo ele está vinculado, além de usarmos no login e em telas que exigem maiores controles o RECAPTCHA, sua empresa pode ainda optar por ter o registro de "log" (inclusão, alteração, exclusão e consulta) dos dados.

Se você quiser saber mais sobre segurança de acesso, acesse a nossa página: FAQ - Bloqueios
Sim, já implantamos a LGDP - Lei Geral de Proteção de Dados na Seta Sistemas.
Nosso tratamento de dados é controlado por um rígido procedimento que envolve a utilização de dados pessoais, tais como a coleta, a classificação, a utilização, o processamento, o armazenamento, o compartilhamento, a transferência, a eliminação, entre outras ações.
Todo esse processo exige a presença de três figuras centrais na Seta Sistemas: O Controlador, o Operador e o Encarregado. O controlador é quem toma as decisões sobre o tratamento dos dados e suas orientações são colocadas em prática pelo operador. Esses dois profissionais – controlador e operador – são os chamados agentes de tratamento. Por fim, há o encarregado, que tem a missão de fazer a “ponte” entre o controlador, a pessoa dona dos dados e a agência governamental responsável pela fiscalização da lei.

Nós não distribuímos dados pessoais.
Sim, além dos treinamentos referentes às plataformas também oferecemos treinamentos com certificados para formação de gestor, gestor escolar, secretária e tesoureiro. Saiba mais!
Sim, mas antes gostariamos de te explicar que a tela de login pode ser formatada por até 8 modelos diferentes, o usuário pode modificar a logo da plataforma, a tela de "background" do login e pode selecionar ainda vários "temas" de cores e estilos. O usuário pode ainda configurar declarações, memorandos, ofícios e mensagens.
Sim, em grande parte das telas de cadastros existe a opção para exportar os dados, os dados podem ser exportados nos padrões: Word, Excel, RTF, CSV, XML, PDF... e se limitam aos dados definidos pela aplicação.
A exportação e manipulação dos dados pelos nossos clientes devem obrigatoriamente obedecer às regras estabelecidas na LGPD, GDPR (se aplicável) e pelos órgãos governamentais. Neste caso, a responsabilidade total, ou seja, operacional e legal é únicamente aplicada ao cliente/usuário que realizou o procedimento. Em hipótese alguma, dados registrados nas nossas aplicações podem exportados para utilização em outro software sem a expressa autorização da Seta Sistemas, tal regra não se aplica aos aplicativos: Word, Excel, Powerpoint ou similiares. Saiba mais!
Sem dúvida alguma a Seta Sistemas oferece:
1) O melhor sofware para gestão escolar;
2) O melhor software para gestão social;
3) O melhor melhor software para gestão de escritórios de advocacia; e
4) O melhor software para gestão, a Seta é a solução! ;)
Dê um "up" na gestão e operacionalização do seu negócio agora. Saiba mais!
Na internet, a segurança é, ou deveria ser, a prioridade para desenvolvedores e usuários. Para a Seta Sistemas essa é uma verdade, trabalhamos incessantemente para que isso ocorra, trabalhamos sempre para garantir a integridade dos dados que circulam nas nossas soluções, de forma local ou na internet. Mas a segurança não pode ser restrita aos processos que oferecemos, é preciso que os usuários adotem senhas de acesso com difícil dedução, que não utilize a mesma senha em outras plataformas, que não compartilhe nunca a senha, que é pessoal, que mantenha seus equipamentos sempre protegidos e "vacinados", que não acessem sites de procedência duvidosa, que possuam software registrado e que saiba: Nós da Seta Sistemas nunca pedimos a sua senha de acesso sob qualquer hipótese.
Nossos produtos e sites respeitam a sua privacidade, pois, aderimos aos regulamentos internacionais e LGPD. É importante que você saiba que utilizamos cookies e poderemos usar os dados para:
1) Análises;
2) Testes;
3) Personalização;
4) Automação de marketing;
5) Remarketing e publicidade;
6) Não compartilhamos dados com outras pessoas ou empresas.
Ficou com alguma dúvida? Saiba mais clicando aqui!
Dados pessoais são informações relacionadas a pessoa natural identificada ou identificável. Exemplos de dados pessoais incluem nome, endereço de e-mail, telefone e CPF. Dados pessoais sobre origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político, dado referente à saúde ou à vida sexual, dado genético ou biométrico, quando vinculado a uma pessoa natural são considerados dados pessoais sensíveis, e precisam ser tratados com ainda mais cautela pelos nossos clientes. Nós NÃO acessamos dados informados em bancos de dados!
Trackers são ferramentas de observação na internet e cookies é o mais famoso tipo de tracker. Quando você acessa sites, eles podem enviar pequenos arquivos de texto (cookies) para o seu navegador para registrar o seu comportamento. É por causa de cookies, por exemplo, que você vê anúncios de coisas que você já procurou quando visita sites de mídias sociais, notícias e mais.
A LGPD é a sigla da Lei Geral de Proteção de Dados (Lei nº 13.709/2018). A LGPD estabelece regras sobre coleta, armazenamento e compartilhamento de dados pessoais, atribuindo mais proteção aos titulares de tais dados.
O GDPR, Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR, na sigla em inglês), é um projeto para proteção de dados e identidade dos cidadãos da União Europeia que começou a ser idealizado em 2012 e foi aprovado em 2016. Embora a região já tivesse leis relacionadas à privacidade, elas datavam de 1995 e, mesmo com algumas atualizações, não correspondiam ao cenário tecnológico atual. As principais obrigações são as seguintes:
  • O serviço deverá permitir que o usuário escolha como os seus dados serão tratados e autorize ou não o seu uso;
  • O usuário tem direito de saber quais dados estão sendo coletados e para quais finalidades;
  • Deve haver meios para que o usuário solicite a exclusão de informações pessoais ou interrompa a coleta de dados, com a decisão devendo ser respeitada;
  • O usuário também pode acessar, solicitar cópia ou migrar dados coletados para outros serviços (quando cabível);
  • Uso de linguagem clara, concisa e transparente para que qualquer pessoa possa compreender comunicações sobre seus dados, inclusive termos de privacidade;
  • Em caso de incidentes que resultem em vazamento ou violação de dados que podem ferir direitos e a liberdade das pessoas, a organização deverá notificar autoridades em até 72 horas;
  • Aplicação da privacidade por design: a proteção dos dados deve ser considerada desde o início do projeto de um sistema, como parte imprescindível deste;
  • Recomendação de pseudonimização: quando cabível, é recomendável que a empresa proteja informações sensíveis ocultando-as ou substituindo-as de alguma forma para que a identificação do usuário só seja possível com a adição de outros dados;
  • As empresas terão, em certas circunstâncias, que trabalhar com um Data Protection Officer (DPO), executivo que deverá supervisionar o tratamento de dados pessoais, bem com prestar esclarecimentos ou se comunicar com autoridades sobre o assunto.
  • Adote a mais completa plataforma de gestão on-line para o seu segmento, adote Seta Sistemas.